Valorização de Escórias

Instalação de Tratamento e Valorização de Escórias

ITVE
Localização: Mato da Cruz
2615-623 Calhandriz - Vila Franca de Xira
Área ocupada: 2,8 ha
Origem dos RSU: Central de Tratamento de Resíduos Sólidos Urbanos
Resíduos aceites/tratados: Escórias
Produtos da valorização:
  • Material inerte: estudado pelo LNEC e utilizável em obras de terraplanagem (aterros e leitos de pavimento), em camadas de sub-base de estradas e como material de enchimento para a recuperação paisagística de pedreiras ou minas a céu aberto.
  • Recuperação de cerca de 100% de metais ferrosos e 70% de metais não ferrosos contidos nas escórias.
Processo de tratamento: Maturação das escórias resultantes da incineração na CTRSU e extração de metais ferrosos e não ferrosos.
Capacidade: 200 mil toneladas por ano (130 mil numa 1ª fase)
Data de entrada em funcionamento: Novembro de 2000