Energia endógena é aquela que tem origem em recursos existentes em Portugal.

A Valorsul produz energia a partir dos resíduos indiferenciados (por via de incineração), dos resíduos orgânicos recolhidos seletivamente (através do processo denominado digestão anaeróbia) e do biogás obtido nos aterros de resíduos. Ao produzir energia elétrica através da incineração, da valorização orgânica dos resíduos e do biogás dos aterros a Valorsul evita, ao país, a utilização de combustíveis fósseis para produção eletricidade. No total em 2014 foram produzidos pela Valorsul 59 mil tep (toneladas equivalentes de petróleo), o que também correspondem ao consumo doméstico de 55 mil famílias.