Âmbito

Monitorização e vigilância da saúde humana na envolvente da CTRSU com 2 vertentes:

  • Vigilância biológica;
  • Vigilância de efeitos adversos.


Entidade Responsável

  • Instituto de Medicina Preventiva da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa.

  

Conclusões Gerais

Os resultados globais sugerem um efetivo controlo da exposição tanto a metais pesados como a dioxinas, conforme avaliada pela biomonitorização humana destes poluentes nos grupos de estudo (população geral, puérperas e crianças). As comparações entre os grupos potencialmente exposto e de controlo não evidenciaram, em geral, diferenças com significado estatístico.