Setembro a Dezembro de 2018


A compostagem doméstica é um processo 100% natural. Os vegetais, as folhas do jardim e as plantas secas ganham uma vida nova e transformam-se em composto para fertilizar a terra.

Se a sua casa tem quintal, horta ou jardim, INSCREVA-SE! Assista a uma ação de formação e RECEBA um COMPOSTOR. E contribua para uma outra forma de reciclagem.

Pergunte no seu município ou Junta de Freguesia como pode participar ou contacte a Valorsul pelo 808 200 135.


Se a sua área de residência não estiver abrangida pela campanha e pretende fazer compostagem doméstica, veja abaixo algumas informações utéis sobre este processo de reciclagem de matéria orgânica.


Compostagem Doméstica


Objetivo

Valorizar a matéria orgânica passível de ser compostada, transformando-a num fertilizante natural para ser utilizado na horta ou jardim, e deste modo enriquecer os terrenos e diminuir a quantidade de matéria orgânica que vai misturada com os resíduos sólidos urbanos.

Vantagens da compostagem doméstica

  • Não requer conhecimentos técnicos;

  • É um processo simples e de fácil implementação;

  • Tem custos com a manutenção reduzidos;

  • Reduz o recurso a fertilizantes sintéticos;

  • O composto melhora a estrutura dos solos;

  • O composto atua como uma "esponja", ajudando a reter a água.


Como se faz compostagem doméstica?

A compostagem doméstica é um processo simples e natural de reciclagem de matéria orgânica. A existência de condições para que seja possível fazer compostagem com sucesso, exige que a colocação de um compostor seja feita diretamente sobre a terra.

O primeiro passo é colocar uma camada de ramos no fundo do compostor, promovendo o arejamento e impedindo a compactação. De seguida há que dosear materiais verdes e castanhos, sendo os verdes (húmidos) as cascas da fruta e dos legumes e os castanhos (secos) as folhas secas e as aparas de madeira.

Os principais cuidados a ter são o controlo da humidade e o arejamento. O controlo da humidade é realizado da seguinte forma: espreme-se com a mão um pouco do material que está a compostar - se pingar, está demasiado húmida - precisa de juntar Castanhos; se a mão continuar seca - precisa de juntar verdes e água Se a mão ficar húmida, tem a humidade certa.

O arejamento deve ser efetuado 1 vez por semana, utilizando uma forquilha ou outro objeto equivalente.

O tempo que demora a produzir o composto (fertilizante natural) depende do acompanhamento que se realiza ao processo de compostagem (controlo de humidade, arejamento e quantidade de materiais).

O composto produzido é um fertilizante natural de grande qualidade que vai melhorar as características do solo, permitindo assim diminuir as quantidades de fertilizantes sintéticos e de água usados. Desta forma é benéfico para as plantas e para o ambiente. O composto pode ser aplicado em vasos, sementeiras, hortas e jardins.