CASQ - Comissão de Ambiente, Segurança e Qualidade

Tem a responsabilidade de:

  • analisar as ações decorrentes das auditorias (internas e externas) de ambiente, de SST e de qualidade;
  • analisar o cumprimento e desenvolvimento da política, bem como avaliar o Sistema de Gestão Integrada da Valorsul (SGI) e o desempenho global da Valorsul em termos ambientais, de SST e de qualidade;
  • intervir, quando pertinente, na implementação, manutenção e melhoria contínua do SGI;
  • preparar a revisão periódica do SGI e enviar à Administração;
  • verificar a documentação do SGI;
  • comentar todas as questões consideradas relevantes para a gestão ambiental, de SST e de qualidade e procurar que estas sejam contempladas na estratégia global da Valorsul.

CSHST - Comissão de Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho

Tem a responsabilidade de:

  • intervir na definição da política no que se refere ao domínio SST e coadjuvar nas ações necessárias à difusão do seu conhecimento;
  • acompanhar o cumprimento das disposições legais, contratuais e regulamentares que respeitem à prevenção da Saúde, Higiene e Segurança no Trabalho;
  • cuidar que todos os trabalhadores recebam uma formação adequada em matéria de SST, fomentar a sua colaboração na prática e observância das medidas preventivas dos acidentes de trabalho e doenças profissionais;
  • fomentar e dinamizar campanhas de sensibilização e esclarecimento sobre a prevenção da Saúde, Higiene e Segurança no Trabalho, implementando a participação de trabalhadores nesta campanha;
  • sensibilizar a gestão da empresa para a solução de problemas de Higiene e Segurança existentes;
  • estabelecer normas gerais para satisfação das recomendações da CSHST.

Comissão de Acompanhamento Local da Central de Tratamento de Resíduos Sólidos Urbanos (CTRSU)

Tem responsabilidade de acompanhar o desempenho ambiental das atividades desenvolvidas nas instalações de incineração da Valorsul, e é liderada pela Câmara Municipal de Loures. Esta Comissão foi criada em 2011, através do Despacho n.º 10682/2011 publicado no Diário da República, 2.ª série, n.º 164, de 26 de agosto de 2011. Este despacho revogou o Despacho n.º 16111/99, publicado no Diário da República, 2.ª série, n.º 193, de 19 de agosto de 1999, data de criação da anterior comissão de acompanhamento desta instalação.

Esta comissão é constituída pelos seguintes elementos:

  • Vereador do pelouro do ambiente da Câmara Municipal de Loures, que preside;
  • Técnico superior da Câmara Municipal de Loures;
  • Técnico Superior dos Serviços Municipalizados de Loures;
  • Representante da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo;
  • Delegado de saúde do concelho de Loures;
  • Representante da Junta de Freguesia de São João da Talha;
  • Representante da Universidade Nova de Lisboa, Faculdade de Ciência e Tecnologia;
  • Representante das ONGA de âmbito local.

Comissão de Acompanhamento da Estação de Tratamento e Valorização Orgânica (ETVO)

Tem a responsabilidade de: acompanhar a construção e a fase de atividade da unidade envolvendo as partes interessadas, prestando informação atual e ouvindo as expectativas e propostas dos seus membros.


Comissão de Acompanhamento do Sistema de Tratamento de Resíduos Urbanos do Oeste (CTRO)

Tem responsabilidade de acompanhar o desempenho ambiental das atividades desenvolvidas no Centro de Tratamento de Resíduos do Oeste e é liderada pela Câmara Municipal do Cadaval.

Em 29 de outubro de 2003, foi celebrado um protocolo entre esta Comissão e a Resioeste (empresa entretanto fundida com a Valorsul em 2010), que define o âmbito e objetivos do trabalho em conjunto.

Esta Comissão de Acompanhamento é constituída pelos seguintes elementos:

  • 3 cidadãos nomeados pela Câmara Municipal do Cadaval.
  • 2 cidadãos nomeados pela Junta de Freguesia do Vilar.

Atualmente, a constituição desta Comissão é a seguinte:

  1. Dinis Acácio Nobre Duarte - Vereador do Ambiente (indicação do Município do Cadaval)
  2. Luís Filipe Parreira da Silva Neves - Chefe da DSUAE (indicação do Município do Cadaval)
  3. Rui de Jesus Félix dos Santos - Representante das Freguesias de Cadaval e Pêro Moniz (indicação do Município do Cadaval)
  4. Maria Alexandra Santos de Azevedo (indicação da Junta de Freguesia do Vilar)
  5. Ana da Graça Basso Venância Faria (indicação da Junta de Freguesia do Vilar)