A empresa alcançou o melhor ano de sempre

A Valorsul alcançou o melhor ano de sempre na reciclagem, tendo registado uma subida de 9.900 toneladas de materiais recicláveis, comparativamente a 2020.
Em 2021 foram valorizadas nos Centros de Triagem da Valorsul, mais de 95 mil toneladas de embalagens de vidro, papel/cartão, assim como de plástico/metal. A separação de plástico e metal apresentou o maior crescimento (14%), em relação ao ano anterior, seguida pelo papel/cartão com 12% e pelo vidro com mais 9%.
A Valorsul terminou 2021, com uma capitação anual de 55 kg de resíduos de embalagens separados por habitante, e conjuntamente com os seus 19 Municípios, continua a superar as metas nacionais.
 
Meta cumprida. Em 2021, a Valorsul depositou em aterro apenas 2% dos resíduos recebidos.
A meta de deposição aterro situava-se nos 10% dos resíduos recebidos para tratamento e a Valorsul depositou apenas 2% da totalidade dos resíduos que entraram nas suas instalações. Sendo esta uma opção de fim de linha na gestão de resíduos, a Valorsul, integrando a responsabilidade ambiental na sua atividade diária, continua empenhada em minimizar esta deposição. Esta significativa redução de colocação de resíduos em aterro, é de extrema importância para o cumprimento da meta de redução da deposição de resíduos biodegradáveis em aterro.
 
Mais energia, mais valor no tratamento de resíduos indiferenciados.
Em 2021, as exportações para a rede elétrica nacional foram cerca de 350 milhões de KWh, um acréscimo de 19% face a 2020. O maior contributo foi da Central de Valorização Energética que exportou para a rede elétrica nacional cerca de 327 milhões de KWh.


Esta icónica instalação da Valorsul, que já completou 27 anos de laboração, tem uma expressão significativa na valorização energética dos resíduos no nosso país.
 
Os resultados obtidos em 2021, revelam que estamos a reciclar mais e melhor.
A performance da Valorsul em 2021, com a aplicação de 6.4 milhões de euros do seu plano de investimentos revela o compromisso assumido com os cidadãos e também na procura de soluções inovadoras, para a prestação dum serviço público de excelência. Destaque para o investimento na construção do novo Ecocentro de Torres Vedras, no valor de 2,8 milhões de euros.
 
Os resultados obtidos são promissores, mas temos pela frente desafios exigentes, que envolvem a recolha seletiva dos Resíduos Urbanos e a sua respetiva valorização e tratamento, que vão implicar uma coordenação otimizada entre a Valorsul e os seus Municípios para, conjuntamente, cumprirem as novas metas comunitárias que se avizinham.
 
 
Sobre a Valorsul
A Valorsul é responsável pelo tratamento e valorização de resíduos urbanos de 19 municípios da zona de Lisboa e região Oeste: Alcobaça, Alenquer, Amadora, Arruda dos Vinhos, Azambuja, Bombarral, Cadaval, Caldas da Rainha, Lisboa, Loures, Lourinhã, Nazaré, Óbidos, Odivelas, Peniche, Rio Maior, Sobral de Monte Agraço, Torres Vedras, Vila Franca de Xira. A Valorsul valoriza 20% de todo o lixo doméstico produzido em Portugal, servindo 1,6 milhões de habitantes. A Valorsul produz e exporta para a rede elétrica 2% dos consumos domésticos nacionais.
 

Informações adicionais: Susana Silva - Comunicação e Sensibilização - Valorsul, SA
Telemóvel: 961 021 722 E-mail: susana.silva@valorsul.pt
 
 

Mais Notícias