A Valorsul

2001 - 2010

2001

É inaugurado o Centro de Tratamento de Resíduos do Oeste.


2002

É inaugurado o Centro de Triagem e Ecocentro do Lumiar.


2003

Abre ao público o Ecocentro localizado no Centro de Triagem do Lumiar, onde o cidadão pode colocar gratuitamente vários tipos de resíduos.

Procede-se às selagens e recuperações paisagísticas das lixeiras de Montemor (Loures), Carenque e Boba (Amadora), Vale do Forno (Lisboa) e Mato da Cruz (Vila Franca de Xira).

No Oeste, fica concluída a construção do Edifício Centro de Formação Ambiental e pavimentação das vias de serviço do Aterro Sanitário do Oeste (ASO).


2004

A Valorsul comemora o seu 10º aniversário, assinalado com a divulgação do Prémio Valorsul 2005, o qual conta com o Alto Patrocínio de Sua Excelência o Presidente da República Portuguesa, Dr. Jorge Sampaio.


2005

Tem início a fase de testes da Estação de Tratamento e Valorização Orgânica e é lançado o Programa "+Valor", um programa de recolha seletiva de matéria orgânica nos mercados, cantinas, hotéis e restaurantes.

É atribuído, pela primeira vez, o Prémio Valorsul (referente ao ano de 2005) e é apresentado o Prémio Valorsul 2006.

Emissão, pela SGS ICS, dos Certificados de Conformidade com a NP EN ISO 14001:2004 e a OHSAS 18001, pelas atividades de Tratamento e Valorização Energética de Resíduos Sólidos Urbanos na Valorsul.

Aprovação da candidatura conjunta Resioeste e Valorlis da Unidade de Valorização Orgânica, ao Fundo de Coesão.


2006

A Valorsul figura entre as dez instituições finalistas na 1ª edição do Prémio Cidadania para Empresas e Organizações, instituído numa parceria entre a AESE - Escola de Direção e Negócios e a PricewaterhouseCoopers 2005/2006.


2007

São emitidos, pela SGS ICS, os Certificados de Conformidade com a NP EN ISO 14001:2004 e a OHSAS 18001:1999, pelas atividades de Tratamento e Valorização Energética de RSU, Deposição de Resíduos em Aterro, Tratamento e Valorização de Escórias.

A Valorsul e a AMB3E - Associação Portuguesa de Gestão de Resíduos assinam um contrato de parceria, para a receção no Centro de Triagem de resíduos de equipamentos elétricos e eletrónicos.

É inaugurado o Ecoparque de São João da Talha, um parque ecológico que valorizou a aplicação de materiais reciclados na sua construção.

O Instituto Regulador de Águas e Resíduos e o Jornal Água & Ambiente atribuíram à Valorsul o "Prémio de Qualidade de Serviço em Águas e Resíduos" no tema "Qualidade do serviço de gestão de resíduos sólidos urbanos prestado aos utilizadores".

Início do projeto-piloto de recolha seletiva porta a porta na Resioeste, em parceria com o Município de Óbidos, nas modalidades sacos e ilhas ecológicas.

Entrada em funcionamento do Centro de Receção de Resíduos de Equipamentos Elétricos e Eletrónicos da Resioeste, em parceria com a AMB3E.

É adjudicada a construção e fornecimento da Central de Valorização Orgânica, a ser construída na Valorlis.


2008

São emitidos, pela SGS ICS, os Certificados de Conformidade com a NP EN ISO 14001:2004 e a OHSAS 18001:1999, pelas atividades de Tratamento e Valorização Energética de RSU, Deposição de Resíduos em Aterro, Tratamento e Valorização de Escórias, Triagem de RSU, Deposição Seletiva e Transferência de RSU e Valorização Orgânica de RSU.

É inaugurada a Estação de Tratamento e Valorização Orgânica.

É inaugurado o Posto de Abastecimento de Gás Natural Carburante (GNC).

Em fevereiro de 2008, a Valorsul inaugura oficialmente a nova linha de triagem de embalagens do Centro de Triagem e Ecocentro.

É inaugurado o Quintal do Raposinho no Centro de Tratamento de Resíduos Sólidos do Oeste (CTRO).

Entra em funcionamento o Ecoparque da Resioeste.


2009

A 28 de maio são emitidos, pela SGS ICS, os Certificados de Conformidade (Renovação) com a NP EN ISO 14001:2004 e a OHSAS 18001:2007, pelas atividades de Tratamento e Valorização Energética, Deposição em Aterro, Triagem, Deposição Seletiva e Transferência e Valorização Orgânica de Resíduos Sólidos Urbanos, Tratamento e Valorização de Escórias.

Em 29 de dezembro, a Valorsul passa a ter o Sistema de Gestão Integrada certificado segundo as normas NP EN ISO 9001:2008 (Sistemas de Gestão da Qualidade), NP EN ISO 14001:2004 (Sistemas de Gestão Ambiental) e OHSAS 18001:2007 (Sistemas de Gestão da Segurança e Saúde do Trabalho), para todas as atividades da empresa.

A 31 de março é aprovada a Política de Comunicação da Valorsul.

A Valorsul subscreve, a 14 de abril, o "Código de Conduta Empresas e VIH", elaborado no âmbito da Plataforma Laboral contra a SIDA, assumindo-se como interlocutora privilegiada na resposta à infeção pelo VIH no local de trabalho, nomeadamente nas vertentes da não discriminação, da prevenção e do acesso ao tratamento.

A 26 de agosto, a Valorsul adere à Rede Nacional de Responsabilidade Social nas Organizações (RSOpt).

É aprovado o Plano de Gestão de Riscos de Corrupção e Infrações Conexas.

A Valorsul adere ao Código de Conduta e Ética do Grupo Águas de Portugal (AdP).

Colocação de mais 200 ecopontos na área de intervenção da Resioeste, ficando esta com um total de 2281 ecopontos.

Iniciam-se as obras de automatização da linha de triagem da Resioeste, para uma capacidade de 4t/h de embalagens.


2010

É aprovado a 15 de junho o Decreto-Lei n.º 68/2010 que cria o sistema multimunicipal de triagem, recolha seletiva, valorização e tratamento de resíduos sólidos urbanos das regiões de Lisboa e do Oeste, integrando como utilizadores originários os municípios de Alcobaça, Alenquer, Amadora, Arruda dos Vinhos, Azambuja, Bombarral, Cadaval, Caldas da Rainha, Lisboa, Loures, Lourinhã, Nazaré, Óbidos, Odivelas, Peniche, Rio Maior, Sobral de Monte Agraço, Torres Vedras e Vila Franca de Xira. Este diploma constitui a sociedade Valorsul - Valorização e Tratamento de Resíduos Sólidos das Regiões de Lisboa e do Oeste SA e atribui-lhe a concessão da exploração e gestão do sistema referido em regime de exclusividade.

Em 20 de julho de 2010, nasce a nova Valorsul.